Skip navigation

Esta sexta no Hotel Transamérica em São Paulo acontece o tradicional VMware Virtualization Forum. O evento é uma espécie de "mini-VMworld" itinerante que acontece em algumas das maiores cidades do mundo. No Brasil, ele acontece anualmente em São Paulo.

 

Você pode ser registrar no site do evento:

 

http://campaign.vmware.com/imgs/forum/2011/ptbr/header.png

 

Este ano teremos o Chief Tecnologist Brian Gammage, ex-VP do Gartner, vindo de Londres para abrir o evento, mostrando a visão da VMware para este ano e o próximo. Nosso time de engenharia também preparou várias sessões técnicas, como você pode ver pela agenda do evento. Nossos parceiros e aliados também estarão lá: Dell, EMC, IBM, HP/AMD, Trend Micro, Cisco, Symantec, Wyse, CA e outros também estarão lá, demonstrando como agregam valor a um ambiente virtualizado. Além disso teremos um espaço "pergunte aos especialistas" no stand da VMware, com um ambiente para discussões a respeito de qualquer solução da VMware.

 

O registro é gratuito para clientes mas há custo para parceiros - veja a página de registro para detalhes.

aandriolli Expert
VMware Employees

Lançado o VMware vSphere 5

Posted by aandriolli Jul 18, 2011

Em 12/julho/2011 a VMware anunciou o vSphere 5, com uma lista bastante extensa de novidades, como você mesmo pode conferir.

 

Na prática, ele ainda não está disponível para download no site - mas estará em breve. Ele está prometido para o terceiro trimestre deste ano, mas você não terá que esperar tanto.

 

Tem novidade por todo lado no vSphere 5, mas eu começaria pela performance, melhorada em muito, bem como a escalabilidade. Agora é possível criar VMs com 32 vCPUs e até um 1 TB de memória. Agora há a opção do vCenter Server como um virtual appliance. Você leu direito: o vCenter é uma VM, rodando no linux, pronto para rodar. Basta apontar para uma base de dados válida. O vCenter Server 5 continua disponível também como instalável no Windows, o que continua a ser requisito para ambiente com mais de mil VMs, se me recordo direito (já tá tarde, preciso ir dormir - depois blogo qual a restrição exata).

 

O vSphere 5 também traz o Storage DRS. Isto é o próprio vSphere fazendo com o storage o mesmo que ele faz com os hosts físicos: transformando-os em um cluster, que ele mesmo é capaz de organizar baseado na observação de I/Os por segundo e espaço ocupado em cada datastore. Claro que ninguém espera que você coloque todas as suas VMs de produção super-críticas no modo automático do Storage DRS da noite para o dia, mas ele lhe dá a opção de fazer como o DRS das VMs nos servidores: no começo, ele só recomenda movimentações de VMs entre os datastores, e você apenas autoriza. Com o tempo, você pode ir deixando mais automático como lhe convir.

 

No vSphere 5 há uma nova opção de hardware virtual versão 8, bem mais escalável e com mais opções, como a virtualização de portas USB, por exemplo.

 

Note que o ESX 5 é só ESXi - não existe mais o ESX clássico na versão 5, apenas o ESXi, mais moderno.

 

Há muito mais, mas vou ter que deixar para um próximo post.    

Pensando em ir ao VMworld deste ano em Las Vegas? Essa semana o Rafael Novo, vSpecialist da EMC, apareceu-me com uma boa notícia: a EMC paga uma beirada da inscrição do VMworld pra você. Na verdade, é um belo de um desconto, 400 dólares! Basta usar o link abaixo para se inscrever.

 

emc-vmworld-2011.jpg

Esse gráfico é interessante, mostra a evolução das máquinas virtuais desde o primeiro ESX, em 2001. Repare no tamanho das máquinas virtuais possíveis em casa época. O resto é conta engraçadinha do marketing.

 

vSphere_Infographic_Layout_FINAL_Web_Large.jpg

 

Mas 20 milhões de VMs não são brincadeira!

Essa é pra quem quer se aprofundar na virtualização de desktops - aprender a fazer.

 

A partir de 19 de julho de 2011, experts em VDI da VMware vão oferecer um treinamento online em 9 partes - gratuitamente.  Conheço alguns destes caras, e sei que alguns são feras que sempre usamos como referência, porque tem muita experiência no assunto. Clientes e parceiros poderão aprender como disponibilizar e otimizar desktops e aplicações virtualizadas nos seus ambientes. Estas sessões incluem:

 

  • Considerações de Design
  • Melhores Práticas para Armazenamento e Rede
  • Tuning do PCoIP
  • Como Otimizar a Sua Base Image
  • Gerenciamento de Aplicações
  • Como Aproveitar o Powershell para Escrever Seus Próprios Scripts
  • E Mais…

 

Ao se registrar você também ganha acesso SEM CUSTO a um e-book com as apresentações do bootcamp.

 

Link para a página da comunidade: http://communities.vmware.com/community/vmtn/desktop/view/bootcamp/

Link para registro para o e-book: http://info.vmware.com/content/12284_BootCamp_View_REG

Recentemente o Jairo Ammirati, nosso vCloud Specialist aqui do time brasileiro de engenharia da VMware, iniciou um blog, onde espero que ele torne público boa parte do grande conhecimento técnico que ele tem. O Jairo é um dos Systems Engineers mais experientes da VMware no Brasil, e já há algum tempo foi incluido em um time global da VMware especializado na construção e operação de nuvens públicas e privadas, o que em breve passará a ser sua ocupação em tempo integral.

 

O blog dele chama-se Obscured by Clouds e está disponível em http://jammirati.com.br/.

 

Ele já começou bem publicando uma série de artigos com as melhores práticas na criação de VMs no VMware vSphere!

Essa semana foi identificado um problema com o VMware Update Manager 4.1. Ao tentar remediar (aplicar patches) nos hosts ESX/ESXi, o seguinte erro é observado:

 

Cannot download VIB files from patch source.

 

Isso acontece por conta de uma mudança na localização dos patches. A solução é forçar o Update Manager a baixar novamente o arquivo com os ponteiros para os patches, conforme descrito no KB Staging and remediating ESX/ESXi 4.0 or 4.1 patches using Update Manager fails.

Esta semana vi um vídeo publicado pela VMware em conjunto com a Intel, e que achei muito válido. O vídeo tem quase 17 minutos, e neste tempo ele mostra, passo a passo, como configurar o vCloud Director para oferecer um serviço self-service para usuários provisionarem máquinas virtuais em um ambiente controlado.

 

Acho que vai ser muito útil para quem tem pouco tempo e quer por o vCloud Director para funcionar imediatamente e começar a servir usuários.

 

Aos admins que ainda tem hosts ESX ou ESXi na versão 3.5: você precisa atualizar seus hosts com o seguinte patch:

 

·         ESXi ESXe350-201012401-I-BG

·         ESX ESX350-201012410-BG

 

Este patch DEVE ser instalado para que você possa continuar aplicando patches após 1/junho/2011, porque este patch atualiza a chave de segurança que usamos para validar patches.

 

Você vai encontrar mais informações a respeito destes patches e de como aplicá-los em:

 

·         For ESXi, see 1030002.

·         For ESX, see 1030001.

 

Um alerta foi emitido na página de suporte, twitter, etc, e também foi blogado aqui.

Frequentemente ouço perguntas como onde encontro um treinamento VMware oficial, válido para minhas certificações? Onde encontro cursos oferecidos pela VMware no Brasil?

 

Não é difícil: a resposta está no vmware.com, na seção Services, link Find a Class:

Screen shot 2011-04-06 at 11.09.45 AM.png

 

A partir daí, basta selecionar o filtro que você precisa - país, tipo de curso, etc. - e escolher uma das localidades. Os treinamentos que estão no site são oferecidos por VMware Authorized Training Centers, que necessariamente tem um VMware Certified Trainer. Ou seja: tem instrutor treinado pela VMware.

Li um artigo muito interessante hoje, escrito por Christopher Wells, usuário VMware no Japão, que descreve a sua experiência com o uso do VMware vCenter Site Recovery Manager (SRM) para fazer o failover de serviços críticos de um site para outro quando a coisa ficou feia por lá.


O exemplo dado por Christopher é, na verdade, de pequena escala, pelo número de servidores virtuais que ele menciona. O que me chamou a atenção foi a comparação que ele fez do esforço envolvido entre recuperar servidores físicos e servidores virtuais - ao final do artigo, ele menciona que serviços críticos da sua companhia - que ele evidentemente não pode citar - não conseguiram ser movidos de um site a outro com a mesma facilidade. Penso que isto é ilustrativo das facilidades que o SRM traz para garantir a continuidade de negócios em ambientes virtualizados.

 


Para quem ainda não conhece o Site Recovery Manager, ele é o componente do gerenciamento VMware responsável por automatizar a recuperação de sistemas em caso de falha no site prímario, seja ela parcial ou total. Para ilustrar, eis um exemplo de plano de DR na interface gráfica do SRM, vista no vSphere Client:


srm dr plan.jpg

 

O artigo pode ser lido na íntegra em http://blog.christopherwells.com/english/2011/3/23/real-life-dr-bc-with-vmware-srm.html.

A VMware tem uma tecnologia muito boa de virtualização de aplicações, chamada ThinApp. Ela é usada na solução de desktops virtuais da VMware, o VMware View, mas também pode ser usada de forma independente, como no caso apresentado aqui.

 

Por exemplo, você já precisou instalar o vSphere Client, que é uma aplicação Windows e a interface de administração do vCenter, no seu desktop? Ele depende do .NET Framework, que é instalado automaticamente junto com ele. Daí você instala outra aplicação no seu desktop, com outra versão do .NET framework, e pronto - problemas ao abrir o vSphere Client. Fora o tempo que leva para instalar, que não é tão rápido quanto alguns de nós gostaríamos.

 

Justamente para evitar ter que instalar o vSphere Client, a VMware passou a fornecer esta semana uma versão virtualizada do vSphere Client 4.1, que você pode baixar aqui no site dos VMware Labs, onde nossos engenheiros postam alguns dos "brinquedos" que estão criando. Aí você vai baixar um arquivo .EXE de quase 90 MB, que é um cliente vSphere virtualizado - é baixar e rodar, não precisa instalar.

 

http://labs.vmware.com/wp-content/uploads/2011/03/vsphere-thinapp.jpg

 

Você também pode colocá-lo em um compartilhamento de rede e apenas colocar um atalho no seu desktop, que também funciona perfeitamente. O ThinApp sabe guardar qualquer customização sua - por exemplo, sua lista de servidores vCenter mais acessadas, ou plugins que você tenha baixado - na sua máquina, sem interferir no uso que outros usuários possam fazer desta mesma aplicação guardada na rede.

 

Você pode baixar o vSphere Client 4.1 virtualizado aqui.

Novo servidor ESX sendo disponibilizado na produção. Sua equipe vai instalar o VMware ESX. Qual ESX vocês vão instalar, ESX ou ESXi? Se você ainda está usando ESX clássico (e não o ESXi), então este artigo é pra você. A VMware recomenda que você instale apenas ESXi daqui em diante.

 

O ESXi é a versão mais moderna do ESX e, como já foi anunciado anteriormente, a partir do vSphere 5 apenas o ESXi será disponibilizado. Como a maioria já sabe, o ESXi não tem o Service Console, que é uma VM linux usada para gerenciamento via linha de comando, portanto é menor, usa menos recursos do servidor físico e mais seguro, já que a área de ataque é menor (já que há menos software).

 

Para usar linha de comando com o ESXi, ao invés de conectar-se via ssh ao servidor ESX e comandar, usamos uma vMA - vSphere Management Assistant, que é um virtual appliance que você autoriza a acessar o vCenter e seus servidores ESX/ESXi, e a partir de então a vMA opera como um Service Console único para todos os seus servidores ESX/ESXi. Você pode baixar uma vMA para seu ambiente sem custo aqui.

 

Para facilitar o processo de migração para ESXi, a VMware disponibilizou alguns recursos, centralizados no  ESXi and ESX Infocenter.

 

Se você ainda não começou, já está na hora de virar a chave.

Esta semana a VMware disponibilizou na Apple Store o cliente do VMware View para iPads. Se você ainda não conhece, VMware View é a solução de desktops virtuais da VMware. Com este cliente, disponibilizado sem custo, é possível acessar o seu desktop Windows a partir do seu iPad.

 

Você pode baixá-lo em http://itunes.apple.com/us/app/vmware-view-for-ipad/id417993697?mt=8&ls=1.

 

Há um bom vídeo para se ter uma idéia de como é a experiência de uso aqui:

 

 

E algumas telas aqui:

tela1.png

tela2.png

 

E só baixar e ser feliz.

Saia das sombras: todo ano por volta desta época, como preparação para o VMworld, a VMware abre inscrições para submissão de propostas de apresentações, normalmente submetidas por clientes baseadas em suas experiências e cenários. Se você tem uma idéia para uma sessão do VMworld, por que não submetê-la?

 

Por enquanto, tudo o que você precisa fazer é registrar a idéia aqui, onde você também encontrará detalhes sobre os tópicos que serão abordados, como preparar sua proposta e dicas úteis sobre como fazer sua sessão ser aceita. Note que submissões tem ser feitas até 5 de abril!

 

Visite www.vmworld.com para saber mais sobre o VMworld deste ano, que acontecerá, como tradicionalmente já acontece, em duas edições:

 

De 29 de agosto a 1o. de setembro no The Venetian, em Las Vegas, EUA.

De 18 a 20 de outubro no Bella Center, em Copenhague, Dinamarca.